Após varias denúncias e pedidos da população, prefeito assina decreto que restringe alguns serviços locais.


Foi assinado nesta sexta-feita dia 22 de maio o Decreto ( n°080/2020) que restringe algumas atividades em Divinópolis do Tocantins. A medida foi tomada pelo Prefeito do Município para tentar conter o avanço de casos do coronavírus (covid-19) na cidade. 

As regras começaram a valer na sexta-feira(22), as medidas tomadas decorreu após varias denuncias e pedidos da população para que o Prefeito tomasse medidas mais rígidas com o comercio local. 

O Decreto n°080/2020 publicado pelo Município de Divinópolis, tem o objetivo de dar o equilíbrio ás duas maiores preocupações da população, cuidar da saúde  e manter as atividades econômicas em funcionamento. 

O Decreto segue as recomendações do Decreto Estadual n°6.072, 21 de março de 2020, por meio do qual o Governo do Estado do Tocantins declara Estado de Calamidade Pública em todo o território Estadual, para fins de enfrentamento da COVID-19 (coronavírus), estabelecendo dentre as suas medidas a proibição de realização de eventos e reuniões de qualquer natureza, em que ocorra a aglomeração de pessoas, e recomendou aos chefes de cada Poder Executivo Municipal a proibição de atividades privadas não essenciais.

O prefeito Florisvane Mauricio declarou que todas as medidas tomadas é para o bem estar da população e para que o coronavírus não se propague na cidade. " Essa determinação de ficar em casa é um pedido da OMS (organização Mundial da Saúde) é importante ficar em casa, evitar aglomerações e usar máscara". Leia na integra o que diz o Decreto 080/2020 decreto 080.pdf